Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Fundação Calouste Gulbenkian
Associação Internacional de Lusitanistas

Saber mais

Congressos

Seminário Gênero, Religiosidades e Saberes Tradicionais das Parteiras

Início: Fim: Países: Brasil

Cultura, Património Cultural, Ciências Humanas e Sociais, Estudos Afro-Brasileiros, Género, Religião

O II Seminário Gênero e Patrimônio Cultural: Gênero, Religiosidades e Saberes Tradicionais das Parteiras, acontece nos dias 06 e 07 de dezembro, no Recife. O evento tem como objetivo fomentar a reflexão de gênero no campo da cultura, reconhecendo a importância da participação e protagonismo das mulheres na preservação do Patrimônio Cultural. As inscrições são gratuitas e limitadas, e deverão ser feitas através do formulário de inscrição.

O seminário é uma realização do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan-PE) junto às outras instituições do Estado, em parceria com o Centro de Artesanato de Pernambuco e o Paço do Frevo, que visa evidenciar as mulheres como detentoras e transmissoras de práticas, saberes e tradições culturais populares, protagonistas na salvaguarda do patrimônio cultural.

A ação que é fruto das articulações da Casa do Patrimônio de Recife, cujos parceiros integram a rede da Casa do Patrimônio de Pernambuco, e tem como público-alvo produtoras/es culturais, membros de grupos e organizações culturais, gestoras/es de políticas públicas para mulheres, gestoras/es de políticas culturais, professoras/es, pesquisadoras/es, estudantes, produtoras/es culturais, brincantes, representantes de movimentos sociais e culturais e público em geral.

A abertura do seminário será realizada no dia 06 de dezembro, às 14 horas com a mesa-redonda Gênero, Patrimônio e Religiosidades. Dentre as convidadas, o debate terá a presença de Desirée Tozi, historiadora do Iphan-PE e doutoranda da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Já no dia 07 de dezembro, a programação se inicia a partir das 09 horas e se estende até as 17 horas com as mesas Gênero, Religiões de Matrizes Africanas, Indígenas e Patrimônio Cultural e Os Saberes Tradicionais das Parteiras como Patrimônio Cultural, com a presença de pesquisadoras acadêmicas, mulheres representantes das tradições religiosas de matriz africana e indígena, além de parteiras tradicionais.

Mais informações na programação completa em anexo e na página do Iphan.

 

Informação relacionada

Outras webs de referência
Enviar Informação

Mapa de visitas