Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Fundação Calouste Gulbenkian
Associação Internacional de Lusitanistas

Saber mais

Congressos

Pensar as comemorações como espaços de práticas ritualizadas no cruzamento de uma abordagem histórica e antropológica

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: França, Portugal

Chamada para trabalhos, História, Antropologia, Lusofonia

Appel à participation pour le colloque :
Chamada à participação no colóquio:

Penser les commémorations comme des espaces de pratiques ritualisées au croisement d’une approche historique et anthropologique / Pensar as comemorações como espaços de práticas ritualizadas no cruzamento de uma abordagem histórica e antropológica

Paris, France / França
Janvier / Janeiro 2018


Este colóquio visa interrogar os regimes de historicidades próprios às práticas ‘descoloniais’ ritualizadas, entendidas aqui como formas ou processos celebratórios que subvertem e põem em causa as visões hegemónicas de viés eurocêntricas impostas ou legadas pelas historicidades do colonialismo. O colóquio reunirá etnólogos, historiadores, assim como outros investigadores e investigadoras que desejam associar a este campo temático, com o objetivo de fazer um diagnóstico das ferramentas e sondar os métodos, providos pelo cruzamento da etnologia e da história no seio dos espaços ditos lusófonos. Essas ferramentas e métodos nos aparecem disseminados no tempo, como que não comunicando entre si. Desejaríamos então, no quadro de uma reflexão epistemológica a propósito desses assuntos, cernar as especificidades e os seus aportes dialógicos tácitos.

Ghali Beniza Sari (Escola Prática de Altos Estudos/Instituto dos Mundos Africanos) e Víctor Varela de Barros (Universidade de Coimbra/Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX).

Eixos temáticos visados

  • Epistemologia das abordagens etno-históricas no espaço lusófono.
  • As práticas descoloniais ritualizadas são elas conjuntas ou constituem elas mesmas alternativas aos processos de formação dos Estados pós-coloniais?
  • Comemorações, espaços públicos, protocolos e atividades cerimoniais.
  • Comemorações, gestos e enunciações.
  • Práticas descoloniais ritualizadas e constituição de coletivos singulares; os exemplos de movimentos sociais.
  • Alguns exemplos de práticas descoloniais ritualizadas existentes no mundo.

Modalidade de participação

Os participantes deverão enviar um resumo, de uma página no máximo, sem bibliografia, contendo o título da comunicação, o nome, o sobrenome, a área científica de especialização e a filiação institucional, para o seguinte endereço eletrónico: 20colloquecommemorations18@gmx.com o mais tardar até o dia 10 de outubro de 2017.

As proposições de comunicação podem ser feitas em francês ou em português.

As respostas aos proponentes das comunicações serão efetuadas no início do mês de novembro, 2017.

Comité científico

  • Michel Cahen, LAM/C.N.R.S
  • Stéfania Capone, CESOR/C.N.R.S
  • António Leão Correia e Silva, Universidade de Cabo Verde/I.C.S, Lisboa
  • Michel Houseman, IMAF/E.P.H.E
  • Maria Isabel João, Universidade Aberta, Lisboa
  • Maria Manuela Tavares Ribeiro, Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX/Universidade de Coimbra
  • Marina Rougeon, Pós-doutoranda em Antropologia, COMOD/Escola Normal Superior de Lyon.

Confira a chamada completa em anexo.

Fonte: calenda.org

Informação relacionada

Outras webs de referência
Enviar Informação

Mapa de visitas