Terça-feira, 17 de Outubro de 2017

Fundação Calouste Gulbenkian
Associação Internacional de Lusitanistas

Saber mais

Congressos

I Simpósio de Relações Sistêmicas da Arte " Arte além da Arte"

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Brasil

Arte, Artes visuais, Chamada para trabalhos, Ciências Humanas e Sociais, Cultura, Filosofia, Indústrias Criativas, Letras, Sociologia

O I Simpósio de Relações Sistêmicas da Arte " Arte além da Arte" acontece em Porto Alegre de 8 a 10 de Abril de 2018. O evento, organizado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Instituto Goethe, se propõe a debater as transformações do(s) modo(s) de operação pelo qual vem passando a produção das artes visuais. O Prazo final para inscrição de comunicações é o 15 de setembro de 2017. As comunicações podem ser escritas em português, espanhol e inglês.

Da produção ao acesso, as artes visuais têm se movido ao longo dos tempos por força de arranjos entre agentes e instituições, que juntos atuam na criação e condução das estruturas legitimadoras e na definição de conceitos do que é ou não arte. No entanto, a lógica de produção, circulação, legitimação e consumo está associada também a outras esferas que não as específicas do contexto artístico, colocando em evidência as conexões inerentes ao desenvolvimento do sistema da arte.

Evento transdisciplinar em essência, visa abrir o diálogo entre pesquisadores das Artes, Sociologia, Antropologia, Filosofia, Letras, Tecnologia, Ciências e de todas as demais áreas interessadas em pensar o tema. O Simpósio busca reunir pesquisadores que tenham interesse na ampla gama de relações possíveis que permeiam o fazer artístico, sua legitimação, visibilidade, circulação e acesso.

Propomos discussões que vislumbrem entrecruzamentos entre local e global como uma característica inerente ao mundo da arte contemporânea. Com isso, esperamos questionar a noção de autonomia da arte nos dias de hoje, explicitando as novas relações de poder face a um campo artístico cada vez mais heterônomo; e também analisar as instâncias de legitimação contemporâneas e seus mecanismos; bem como a sobreposição de antigos atores em novos papéis e o paradoxo da alta especialização do campo artístico versus a constante necessidade de agregar novas competências ao perfil profissional. Isso tudo sem deixar de atentar para as reverberações éticas e estéticas das atuais configurações no sistema e na produção artística.

Para tanto, o evento está organizado nos seguintes núcleos temáticos:

  • Entrecruzamentos de campos nos processos artísticos: Arte fora si – arte que foge aos princípios pré-estabelecidos, busca novas formas de ação e reflexão, expande a compreensão do conceito de arte, faz uso de novos meios tecnológico-digitais e procedimentos que transformam as relações do trabalho artístico, bem como, exercem forças de renovação a antigas práticas;
  • O sistema da arte na economia de mercado: Discute a transformação do sistema da arte, centrando o debate nos processos de institucionalização, financeirização e empresariamento pela qual a produção artística e as instituições culturais têm sido conduzidas em meio ao protagonismo da economia de mercado na construção de valores na contemporaneidade;
  • Ser local, estar global: processos em trânsito: Feiras, bienais e grandes exposições. Transformações do mundo contemporâneo: circulação de pessoas, informações e bens, pontes de diálogo entre o local e o global, suas contradições e conexões. A construção de hegemonias e o reforço das margens. Com pensar relações centro-periferia hoje.

Mais informações na chamada para trabalhos em anexo e  na página do I Simpósio de Relações Sistêmicas da Arte " Arte além da Arte".

Informação relacionada

Outras webs de referência
Enviar Informação

Mapa de visitas