Terça-feira, 16 de Outubro de 2018
Congressos

I Colóquio Literaturas Africanas de Língua Portuguesa: Transições

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Brasil

Chamada para trabalhos, Estudos Africanos, Literatura

O Colóquio Literaturas Africanas de Língua Portuguesa: Transições ocorrerá na Universidade Federal Fluminense, no período de 22 a 23 de novembro de 2018, organizado pelo Núcleo de Estudos de Literaturas Portuguesa e Africanas de Língua Portuguesa – NEPA, com apoio do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Literatura da UFF, do Instituto de Letras da UFF e da Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação da Universidade.

Diante das discussões que se tem desenvolvido na área dos estudos africanos, seja em eventos realizados no Brasil, como o Encontro Internacional da Associação Brasileira de Estudos Africanos e o Encontro da AFROLIC, seja em eventos internacionais, como o Congresso da Associação Internacional de Lusitanistas, o Colóquio tem por intenção apresentar como tema a reflexão acerca dos gestos presentes em diversos textos contemporâneos produzidos em países africanos de língua portuguesa que apontam para uma busca da inovação, da transformação, por meio de um processo que, entretanto, se constitui a partir da releitura produtiva e/ou problematizadora de autores/textos canônicos, se assim os podemos chamar, oriundos do que seria visto por nós como uma literatura anticolonial. Tais textos apresentariam, portanto, uma estrita relação entre memória (literária/cultural), presente e futuro, abrindo sua escrita, pela recuperação de rastros, à perspectiva de futuro. São textos que trazem em si uma cicatriz, no sentido benjaminiano, e propõem novos caminhos, sem abandonar, contudo, determinados traços que os ligariam à tradição literária ainda recente dos países em que foram produzidos. Ou seja, por fim, são textos (e autores) que reiteram a ideia de transição, de mediação. Assim o Colóquio “Literaturas africanas de língua portuguesa: transições” pretende reunir pesquisadores já consolidados – bolsistas de produtividade do CNPq, com largo tempo de atuação na área – a jovens pesquisadores, recentemente contratados em suas instituições, seja no Brasil, seja no exterior, mas de significativa produção bibliográfica, de modo a estabelecer um campo de pesquisas comuns, que possam vir a abrir novos desdobramentos para os caminhos já delineados nos estudos africanos no Brasil e estabelecer parâmetros comparatistas que ampliem as possibilidades de análise das literaturas produzidas na África de língua portuguesa, sobretudo em Angola e Moçambique. No conjunto dos autores abordados, também se dará atenção a escritores da diáspora e a textos que, em outros espaços culturais, como o Brasil sobretudo, mas não apenas, dialogam com a produção desses jovens sistemas literários. O intuito principal, portanto, é colaborar com a área de Linguística e Letras, em específico com o campo das Literaturas Africanas de Língua Portuguesa, desenhando um cenário do que é produzido hoje em termos de literatura nesses países e ampliando as possibilidades de interlocução entre as perspectivas metodológicas ligadas aos estudos culturais comparados e à literatura comparada.

Informações e inscrições pelo sítio https://seminarionepa.wordpress.com.

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas