Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018
Congressos

Da ópera à revista: o teatro em Lisboa nos séculos XVIII e XIX

Início: Fim: Países: Portugal

Eventos, História, Teatro

Sexta sessão do ciclo de conferências “Novos estudos & Novos olhares sobre a cidade: Lisboa do Terramoto à Revolução de Abril”, organizado por Daniel Alves (IHC - NOVA FCSH) e Rosa Maria Fina (CLEPUL) e acolhido pelo Museu de Lisboa.

Da ópera à revista: o teatro em Lisboa nos séculos XVIII e XIX
Licínia Rodrigues Ferreira (CET-FLUL)
Museu de Lisba - Palácio Pimenta, 27 de Junho, 18h00 - ENTRADA LIVRE

Ao longo dos séculos XVIII e XIX, os espaços teatrais adquirem uma presença firme na geografia de Lisboa. Tomando como ponto de partida um desses espaços, o de mais duradoura existência, abordaremos a relação da atividade teatral com a cidade. O “velho” Teatro da Rua dos Condes, inaugurado em 1738 como casa de ópera, alcança a categoria de principal teatro público de Lisboa, e atravessa diferentes fases, para terminar, em 1882, rendido à revista. A opção pela ópera, pela comédia, pelo drama, ou outros géneros, implica a atenção de públicos diversos. O Teatro da Rua dos Condes conheceu um número crescente de casas concorrentes, em resultado da procura de divertimentos pelos lisboetas. Espetáculos, artistas e espectadores, por um lado, definem a vivência teatral lisboeta; por outro lado, é a cidade que os transforma.

 

Sobre a convidada:
É licenciada em Filosofia, diplomada em Ciências Documentais e mestre em Estudos de Teatro, com a dissertação intitulada Júlio César Machado cronista de teatro: os folhetins d’A Revolução de Setembro e do Diário de notícias. Investigadora do teatro em Portugal nos séculos XVIII e XIX. Encontra-se em fase de conclusão da tese de doutoramento, dedicada ao Teatro da Rua dos Condes.

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas