Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

Fundação Calouste Gulbenkian
Associação Internacional de Lusitanistas

Saber mais

Congressos

Colóquio internacional Os estudos ibéricos a partir da periferia

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Portugal

Chamada para trabalhos, Estudos Ibéricos

Colóquio internacional
Os estudos ibéricos a partir da periferia.
Desafios epistemológicos e novos olhares nos estudos galegos, bascos e catalães

Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa | 8 e 9 de março de 2018

A progressiva consolidação dos estudos ibéricos no âmbito internacional e a sua previsível expansão nos próximos anos convidam-nos a refletir sobre a relocalização que este novo quadro de trabalho implica para os estudos galegos, bascos e catalães. O presente colóquio internacional surge como uma proposta para repensar tanto os estudos ibéricos a partir da “periferia” representada por estas realidades, como os âmbitos de estudo galego, basco e catalão à luz das novas tendências analíticas dominantes no plano internacional.

Dando continuidade a outros encontros científicos organizados pelo Centro de Estudos Comparatistas sobre os estudos ibéricos – Looking at Iberia from a Comparative European Perspective (2011) e Estudos ibéricos: novos espaços (2016) –, este colóquio pretende uma abordagem específica dos espaços sociais galego, basco e catalão como realidades complexas e com dinâmicas próprias mas propícias, simultaneamente, para a experimentação e a inovação metodológica.

 

Eixos de trabalho

  • Os estudos ibéricos perante as realidades catalã, galega e basca;
  • Homogeneização vs. diferença no contexto dos estudos ibéricos;
  • Novas tendências analíticas nos estudos galegos, catalães e bascos;
  • Os estudos bascos, catalães e galegos no contexto académico internacional;
  • Abrangência e limitações dos estudos ibéricos;
  • Fluxos culturais na Península Ibérica e nas realidades insulares;
  • Tensões centro-periferia nos contextos (culturais e académicos) hispânicos e lusófonos na atualidade.

Conferências plenárias de

  • Arturo Casas, Universidade de Santiago de Compostela
  • Joseba Gabilondo, Michigan State University
  • Mercè Picornell, Universitat de les Illes Balears

Organização

  • Projeto DIIA ― Diálogos ibéricos e ibero-americanos, Centro de Estudos Comparatistas, FLUL
  • Projeto Mapa digital das relações literárias ibéricas (1870-1930), Centro de Estudos Comparatistas, FLUL (IF/00838/2014)

Comissão organizadora

  • Cristina Martínez Tejero (CEC, FLUL)
  • Santiago Pérez Isasi (CEC, FLUL)
  • Ângela Fernandes (CEC, FLUL)

Propostas de comunicação

Convidamos à submissão de comunicações que venham ao encontro das reflexões colocadas sobre a inter-relação dos estudos galegos, bascos e catalães com os estudos ibéricos, e simultaneamente sobre tendências analíticas inovadoras promovidas nestas áreas de trabalho.

Por regra geral, não serão admitidos trabalhos centrados em estudos de caso, a não ser que estes apresentem um sólido desenvolvimento teórico-metodológico e pretendam ultrapassar as análises concretas, visando abordagens mais amplas.

As propostas de comunicação deverão incluir:

  • Nome da autora ou autor, da instituição académica à qual se vincula e correio eletrónico.
  • Título e resumo de entre 200 e 250 palavras. A inclusão de referências bibliográficas (até um máximo de 8) será opcional e não será considerada na contagem de palavras.
  • 5 palavras chave
  • Breve nota biográfica (máximo 100 palavras)

A propostas deverão ser enviadas até 15 de novembro de 2017 em formato .odt ou .docx para o endereço: periferia2018@gmail.com. Todas as propostas recebidas serão submetidas a um processo de dupla avaliação por pares e anónima.

Confira a primeira circular completa em anexo.

Mais informações: https://perifiberia2018.wordpress.com/.

Informação relacionada

Outras webs de referência
Enviar Informação

Mapa de visitas