Domingo, 28 de Maio de 2017

Um projeto de

Fundação Calouste Gulbenkian
Associação Internacional de Lusitanistas

Saber mais

Congressos

Chamada para trabalhos do XVIII EREL-NE: Formação do Profissional em Letras

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Brasil

Língua, Chamada para trabalhos, Linguística, Letras

O XVIII Encontro Regional dos Estudantes de Letras (EREL-NE) acontece de 12 ao 16 de abril de 2017 na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), no Recife. O evento tem como tema Currículo, Identidade e Formação do Profissional em Letras: desafios e dilemas do (novo) contexto sociopolítico brasileiro e traz à discussão a atual conjuntura política, econômica e social em suas influências diretas na vida escolar, acadêmica e profissional de todos que têm relação com o Curso de Letras. Os investigadores interessados em submeter trabalhos têm até 10 de março.

Eixo temático

Na atualidade, é consenso que a Educação envolva o confronto de aspectos psicológicos, sociais, políticos, econômicos e culturais, plurais e contraditórios. Hoje, a instituição escolar é espaço de (re)construção de saberes, normas, atitudes, valores, de desenvolvimento de capacidades individuais e, principalmente, coletivas (PACHECO; MORGADO, 2002). Neste sentido, é inevitável que as diretrizes curriculares do curso de Letras não sejam atravessadas pelas mudanças que as políticas públicas e as teorias e perspectivas que envolvem a prática educativa nos âmbitos escolares básico e superior causam.

Esperamos refletir acerca de assuntos como: a Medida provisória nº 746/2016, que trata da tão questionável reforma nas diretrizes e bases da educação nacional do Ensino Médio; cortes e ameaças ao PIBID (Programa Institucional de Bolsas de iniciação à Docência); redução de 18% do número de vagas de ingresso ao ensino superior público; extinção do programa Ciência Sem Fronteiras para os cursos de graduação e outros retrocessos que afetam diretamente a Educação e toda a área de atuação do profissional em Letras.

​Para além dos problemas, o EREL também é um evento conhecido por ressaltar a cultura local e nordestina de maneira geral, portanto, teremos apresentações e intervenções culturais durante todo o Encontro. Como herança da interação entras as culturas europeia, africana e indígena, o Nordeste apresenta uma rica e heterogênea cultura. É importante destacar que a cultura representa uma complexa teia, da qual destacaremos os ritmos musicais, as danças, a culinária e, principalmente, a Literatura.

Grupos de Trabalho:

  1. Literatura e Estudos Culturais;
  2. Teoria e Crítica Literária;
  3. Análise e Teoria Linguística;
  4. Língua Portuguesa;
  5. Línguas Estrangeiras Modernas;
  6. Línguas Clássicas;
  7. Estudos Étnicos, Africanos e Indígenas;
  8. Libras, Literatura e Cultura Surda;
  9. Estudos da Tradução e da Interpretação;
  10. Formação e do profissional em Letras;
  11. Currículo, diretrizes e bases na área de Letras;
  12. Ensino de Línguas e Literatura e o novo contexto educacional;
  13. Novas tecnologias e novos caminhos para o profissional em Letras.
  14. Acessibilidade e inclusão na área de Letras.

Mais informações na convocatória em anexo e na página do EREL 2017.

Informação relacionada

Outras webs de referência
Enviar Informação

Mapa de visitas

Locations of visitors to this page